Skip to content

Isabel Cardoso é convidada da Helexia para o evento Mulheres com Energia

A Helexia organiza no dia 8 de março às 10h, Dia Internacional das Mulheres, o evento online “Mulheres com Energia” que se dedica a destacar a liderança no feminino em Portugal. O evento terá transmissão Live nas plataformas Linkedin e Youtube. A Isabel Cardoso é nossa convidada, a quem fizemos a seguinte entrevista para a conhecermos melhor.

 

Isabel, como descreve o seu percurso profissional?

Consistente e desafiante. Todo o meu percurso tem sido marcado pela disposição de estar sempre “com o pé levantado” para novas oportunidades e projetos, evitando zonas de conforto. O meu trajeto teve início no setor privado, grupo Siemens e grupo Freundenberg, empresas que me proporcionaram uma experiência elevada em gestão, negociação, e motivação de equipas. A passagem para o Sector Empresarial do Estado tem sido extremamente gratificante pelo meu gosto pelo serviço público e pela alegria de contribuir, com a minha atividade, para o desenvolvimento sustentável e para a criação de riqueza nacional. Ir diariamente para o trabalho feliz, confiante e com energia, tem sido fundamental e também, certamente, fonte de motivação para terceiros.

 

O que lhe dá mais energia no seu dia a dia?

A minha maior fonte de motivação são os meus três filhos, Tomás, Francisca e João e o António, o meu marido. Contribuir para que sejam felizes, desapegados do que é irrelevante, com alegria de viver, dando valor às pequenas coisas, é uma enorme fonte de energia e motivação.

Profissionalmente, o que mais me inspira são os desafios complexos, e a necessidade de encontrar soluções criativas e eficientes, levando projetos a “bom porto”, e o ter de me superar em calma, destreza, pragmatismo e concertação de posições.

 

Na sua opinião, quais são os grandes desafios das próximas gerações?

A capacidade de adaptação constante será um permanente desafio não só ao desenvolvimento tecnológico, o 5G, etc, mas também a factos inesperados, como a recente pandemia COVID-19. Será igualmente exigente a necessidade de adaptação às alterações sociais e culturais permanentes, que a sociedade, cada vez mais dinâmica, obriga e que exige abertura de espirito e compreensão – colocarmo-nos no papel do “outro”. Acrescento ainda o grande desafio da sustentabilidade ambiental, essencial e prioritária, que terá que necessariamente de caminhar a par com o contínuo desenvolvimento tecnológico.

Na sociedade moderna não vejo, no futuro, grandes diferenças para a Mulher. Ao longo de toda a civilização, as mulheres tiveram permanentemente desafios enormes e multidisciplinares. Penso que continuarão sempre a afirmar-se, em pé de igualdade com os homens, sem “protecionismos”, pela sua habilidade, inteligência e enorme energia.

 

Mencione um filme ou livro que a tenha inspirado.

Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll que nos mostra um mundo fantástico habitado por criaturas peculiares, numa lógica de absurdo como são, na sua maioria das vezes, os nossos sonhos. Toda a sátira e enigmas da obra fazem-nos refletir e fazer paralelismos com desafios da nossa vida – “Se não sabe por onde ir, qualquer caminho serve”.

 

Que outras mulheres inspiraram o seu percurso e porquê?

Beatriz Ângelo é sem dúvida uma mulher inspiradora pela sua força de vontade, audácia e coragem no alcance dos seus objetivos. Conseguiu concluir o curso de medicina nos primórdios do sec. XX onde era impensável uma mulher exercer dita profissão, tendo sido a primeira cirurgiã portuguesa. Adicionalmente conseguiu ser a primeira mulher a votar nas eleições de 1911 pelo facto de ter provado que era chefe de família, dado que era viúva e com uma filha menor a cargo, com mais de 21 anos e instruída. De facto uma mulher com uma força de vontade e um pragmatismo admirável e inspirador.

 

Que característica acha indispensável em qualquer liderança e porquê?

A liderança tem de estar associada a uma forte delegação de responsabilidades, assumindo o líder um papel orientador. Para uma boa liderança é necessário saber dar liberdade para que a equipe esteja motivada na procura das melhores soluções assumindo o seu comprometimento. Só assim se formam futuros líderes.

 

Que ferramentas a aicep Global Parques tem disponíveis para atrair investimento estrangeiro?

A aicep Global Parques desenvolveu e gere a plataforma web Portugal Site Selection que visa encontrar a melhor localização empresarial em Portugal com base nos requisitos de um determinado projeto, aumentando a eficiência do processo de procurement, essencial para as escolhas dos Site Selectors internacionais. O Portugal Site Selection coloca no mercado internacional todas as localizações nacionais disponíveis, permitindo promover de forma eficaz as suas principais características e vantagens competitivas. A área de consultadoria deste produto dedica-se à qualificação e promoção do território nacional, potenciado desta forma a receção de mais investimento.

Paralelamente a aicep Gobal Parques gere áreas de localização empresarial: a ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, o BlueBiz – Parque Empresarial da Península de Setúbal e o Albiz – Parque Empresarial de Sintra. Nesta atividade a aicep Global Parques, oferece soluções, competitivas e sustentáveis, que constantemente qualifica, adicionando serviços de valor, para o acolhimento de novos projetos de investimento e procura constantemente novos leads de negócio e oportunidades para Portugal, face as características da sua oferta. 

Isabel Caldeira Cardoso

Administradora Executiva e Vogal do Conselho de Administração da aicep Global Parques

Subscreva
a Newsletter

Subscreva
a Newsletter

MAIS NOTÍCIAS

separator-shape-03