Skip to content

Fotovoltaicos. O que são e porque são importantes?

Os sistemas solares fotovoltaicos foram criados em 1953 e são hoje uma das tecnologias de energia renovável em mais rápido crescimento. Os módulos fotovoltaicos são compostos por células fotovoltaicas – equipamentos eletrónicos que permitem transformar a radiação solar em energia elétrica. Com o avanço da tecnologia, estes apresentam hoje elevada durabilidade, com uma duração média de cerca de 25 anos.

Adicionalmente, a produção de energia através do sol é a que mais tem crescido a nível mundial, comparativamente com as outras tecnologias de energia renovável – só em 2019, teve um aumento de 23% (IRENA – Renewable Energy Statistics 2021). Num futuro próximo, estima-se que esta seja uma das renováveis que mais contribuem para a eletrificação das empresas através da produção de energia limpa para autoconsumo.

Em Portugal, este aumento tem sido também significativo e espera-se que continue. O país tem excelentes condições de radiação solar e necessidades de produção de energia renovável para a descarbonização da economia, a par com a necessidade de alcançar as metas para a redução das emissões de gases com efeito de estufa incorporadas no Plano Nacional de Energia e Clima 2030, e no Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050.

 

Produção de Energia Solar, como prever?

Atualmente, modelos de simulação e previsão meteorológica são capazes de antecipar a produção de energia limpa por uma central fotovoltaica. Esta competência permite dimensionar as centrais solares às necessidades energéticas reais das organizações. Através de diversos cálculos, o departamento de engenharia tem a capacidade para prever a produção de energia com base nos seguintes aspetos:

  • Média da irradiação solar anual dos últimos 10 anos;
  • Zona geográfica da central solar;
  • Inclinação e orientação dos painéis solares, evitando sobreamentos;
  • Características dos painéis solares e dos restantes equipamentos da central fotovoltaica.

 

Os Sistemas Fotovoltaicos permitem: 

  • Flexibilidade e adaptabilidade da instalação: cobertura, carport solar (cobertura de estacionamento) ou no solo.
  • Produzir e consumir energia elétrica limpa e localmente
  • Maior independência da rede elétrica e das oscilações dos preços com a energia
  • Poupar nos custos com a energia
  • Reduzir nas emissões de gases com efeito de estufa
  • Armazenar a eletricidade em baterias

 

Saiba mais sobre como estes sistemas podem ajudá-lo a reduzir custos e a pegada ambiental da sua empresa. 

Faça download do Case Study: Gestão Inteligente de Centrais Fotovoltaicas

Subscreva
a Newsletter

Subscreva
a Newsletter

MAIS NOTÍCIAS

separator-shape-03
This is Tooltip!