Skip to content

A Mobilidade elétrica acelera a descarbonização das empresas

Artigo publicado no Jonal Económico.

Na sua definição mais simples, descarbonizar significa “tirar carbono a”. E no caso da energia, significa que cada vez mais, queremos trocar as energias fósseis, que emitem gases de efeito estufa, por mais energias verdes, renováveis.

 

Neste caminho, as frotas de veículos desempenham um papel muito importante e as empresas devem aproveitar as várias vantagens económicas e ambientais que têm na eletrificação das suas frotas.

 

Veículos Elétricos, um mercado em crescimento.

Segunda dados publicados no website da Associação de utilizadores de veículos elétricos (UVE), no primeiro semestre de 2022 já se venderam mais veículos 100% elétricos (8.749) que em todo o ano de 2020 (8.137) e mais 62% do que na totalidade do ano de 2021 (14.057).

Ainda segundo a UVE, a quota de mercado mensal dos veículos elétricos, ligeiros de passageiros, tem evoluído durante 2022 entre os 22% e os 18%, sendo que a respetiva quota anual tem mantido uma regularidade constante em redor dos 20%.

Se olharmos para a evolução das vendas dos últimos anos, é notório que os veículos 100% elétricos continuam a impor-se de uma forma sistemática e consolidada.

 

A mobilidade elétrica é muito atrativa para as empresas.

Uma parte importante da responsabilidade de tornar o mundo mais sustentável recai nas empresas e na forma como elas se vão empenhar na sua diminuição da pegada ecológica. Um dos passos importantes é eletrificar a frota e existem medidas bastante vantajosas para quem está nesse caminho. De forma geral compensa mais às empresas adquirirem um carro elétrico do que um carro a gasóleo ou a gasolina do mesmo valor.

Com a migração para uma frota elétrica, no ato de compra, o estado apoia, através de um incentivo de 4000 euros em veículos ligeiros de passageiros e 6000 euros em ligeiros de mercadorias, sendo que cada empresa apenas tem direito a quatro incentivos.

Nos Veículos elétricos até 62 500 euros, existe ainda a vantagem de total dedução do valor do IVA associado às despesas com as viaturas elétricas e respetivos consumos energéticos. Para além disso, existe ainda a isenção da tributação autónoma e do ISV (Imposto sobre veículos).

 

Custo de utilização vantajosos para empresas.

Como a manutenção de um veículo elétrico é mais simples, a poupança é significativa. A manutenção pode chegar a ser até 50% mais barata do que num veículo a combustão da mesma gama de preço.

Na utilização normal, as empresas podem ter uma poupança de 15% nos custos, se os colaboradores carregarem o seu veículo em casa ou na empresa (rede privada).

 

TCO dos Veículos Elétricos em Portugal é o mais económico em todos os segmentos analisados

O Car Cost Index 2021, estudo elaborado pela LEASEPLAN, revela que os veículos elétricos do segmento compactos e de tamanho médio são, agora, totalmente competitivos em termos de custos com os veículos a gasolina e diesel na maioria dos países europeus. Destaque para Portugal, onde o TCO dos veículos elétricos é mais económico não apenas nesses segmentos como também em todos os outros segmentos em análise.

 

A mobilidade é essencial na descarbonização das empresas

Na Helexia sabemos a importância de diminuir a pegada carbónica e trabalhamos em soluções que permitem às empresas descarbonizar, com utilização de energia renovável, tornando-se mais independentes, competitivas e sustentáveis.

Numa indústria que quer crescer e tornar-se atrativa, poder circular mais, com menor custo, é uma vantagem competitiva, por isso olhamos para a mobilidade elétrica como um fator chave.

Disponibilizamos soluções completas de carregamento para empresas, com a possibilidade de software dedicado para a gestão da infraestrutura de carregamento. Atualmente, a Helexia tem em operação mais de 47 pontos de carregamentos na rede privada, distribuído por vários clientes.

Em paralelo, acreditamos que a existência de uma rede pública de carregamento, descentralizada e de qualidade é essencial para o crescimento da mobilidade elétrica, por isso investimos numa rede de conveniência. Os nossos postos de carregamento estão em zonas onde as pessoas se dirigem de forma natural para realizar ações do dia-a-dia. Desta forma, é possível deixar o veículo a carregar enquanto se está num supermercado ou hipermercado, restaurante, hotel, ginásio, trabalho, hospital, parque industrial, etc. Atualmente, a Helexia tem instalados 94 pontos de carregamento, ligados à rede pública, que já serviram mais de 7000 utilizadores únicos em mais de 36000 cargas. Mas a rede continua a expandir e brevemente a Helexia disponibilizará mais 98 pontos de carregamento, que estão em fase de construção.

Ao converter a frota para veículos elétricos as empresas têm a oportunidade de poupar e de mostrar um forte compromisso na descarbonização do planeta. Além disso, colaboradores, clientes e parceiros apreciam cada vez mais quando as empresas disponibilizam pontos de carregamento internas ajudando na mudança para a mobilidade sustentável.

Subscreva
a Newsletter

Subscreva
a Newsletter

MAIS NOTÍCIAS

separator-shape-03
This is Tooltip!