Skip to content

Mensagem

Mensagem dos Fundadores

Há alguns anos atrás, apenas ativistas falavam da importância de energia renovável na cobertura dos edifícios e prestavam atenção ao consumo e custo da energia. A energia parecia ilimitada e não existia tanta sensibilidade relativamente ao seu custo.

Mas o mundo mudou muito rapidamente e os governos, empresas e cidadãos descobriram que os recursos são limitados e a transição energética já não é uma questão de ativismo. Muitas empresas começaram a mudar, por diferentes razões: o cliente queria, os acionistas desejavam-no e a sociedade exigia uma mudança.

No início, alguns casos pontuais foram surgindo, às vezes sob o olhar benevolente dos líderes organizacionais.

Rapidamente os pioneiros descobriram que não era simples e fácil, implicando a afetação de vários recursos internos : equipas qualificadas e dedicadas, recursos financeiros dedicados, mudanças culturais, etc.

Como lidar com esta situação, quando existem sempre outras prioridades dentro da empresa ? Se estamos na logística, preferimos investir na melhor tecnologia para a cadeia de distribuição, se estamos na industria a nossa prioridade é investir nas máquinas mais modernas para otimizar a qualidade e a eficiência do produto, se estamos no retalho preferimos investir na melhoria da experiência do cliente, etc.

Para responder a estes desafios, nasceu a Helexia em 2010, que preenche a lacuna entre a vontade de muitos empreendedores e líderes que desejam fazer parte da transição energética; tirar partido dela, sem deixar de aplicar recursos aos seus próprios negócios e atividades.

Para isso, a Helexia criou um modelo completo de Empresa de Serviços Energéticos, que oferece energia aos líderes para melhorar os problemas energéticos das suas organizações, sem desviar recursos da sua atividade core.

Apoiados por fortes acionistas, trazemos equipas dedicadas e recursos financeiros.

É o nosso modelo e é a nossa paixão, juntos, ajudaremos a mudar o mundo.

Benjamin Simonis & Nicolas Mayaud
Fundadores da Helexia
Benjamin Simonis & Nicolas Mayaud

Há alguns anos atrás, apenas ativistas falavam da importância de energia renovável na cobertura dos edifícios e prestavam atenção ao consumo e custo da energia. A energia parecia ilimitada e não existia tanta sensibilidade relativamente ao seu custo.

Mas o mundo mudou muito rapidamente e os governos, empresas e cidadãos descobriram que os recursos são limitados e a transição energética já não é uma questão de ativismo. Muitas empresas começaram a mudar, por diferentes razões: o cliente queria, os acionistas desejavam-no e a sociedade exigia uma mudança.

No início, alguns casos pontuais foram surgindo, às vezes sob o olhar benevolente dos líderes organizacionais.

Rapidamente os pioneiros descobriram que não era simples e fácil, implicando a afetação de vários recursos internos : equipas qualificadas e dedicadas, recursos financeiros dedicados, mudanças culturais, etc.

Como lidar com esta situação, quando existem sempre outras prioridades dentro da empresa ? Se estamos na logística, preferimos investir na melhor tecnologia para a cadeia de distribuição, se estamos na industria a nossa prioridade é investir nas máquinas mais modernas para otimizar a qualidade e a eficiência do produto, se estamos no retalho preferimos investir na melhoria da experiência do cliente, etc.

Para responder a estes desafios, nasceu a Helexia em 2010, que preenche a lacuna entre a vontade de muitos empreendedores e líderes que desejam fazer parte da transição energética; tirar partido dela, sem deixar de aplicar recursos aos seus próprios negócios e atividades.

Para isso, a Helexia criou um modelo completo de Empresa de Serviços Energéticos, que oferece energia aos líderes para melhorar os problemas energéticos das suas organizações, sem desviar recursos da sua atividade core.

Apoiados por fortes acionistas, trazemos equipas dedicadas e recursos financeiros.

É o nosso modelo e é a nossa paixão, juntos, ajudaremos a mudar o mundo.